Adina Porter - Membro do Conselho Consultivo Global - CARE

Adina Porter

Conselho Consultivo Global
Foto de Adina Porter

Adina Porter deixou sua marca em todas as áreas do entretenimento: televisão, cinema e teatro. Ela recebeu uma indicação ao Emmy pelo papel de Beverly Hope em "American Horror Story: Cult" e trabalhou em cinco temporadas.

Porter é reconhecido pelo público da TV como Indra no pós-apocalíptico "The 100" da CW, o xerife Peterkin no sucesso da Netflix "Outer Banks" e a advogada Sarah Graveler no "The Morning Show" da Apple TV. Porter também é conhecido por sete temporadas como Lettie Mae Thornton em “True Blood” e Kendra James em “The Newsroom” de Aaron Sorkin. Outros papéis recorrentes notáveis ​​incluem "Ray Donovan" e "Underground". Porter pode ser visto a seguir na nova série original da Amazon, "Paper Girls", que é baseada na série de quadrinhos de 30 edições de Brian. K Vaughan e Cliff Chiang.

Na tela grande, Porter foi visto ao lado de Emily Mortimer em Loja de perucas. Créditos de filmes adicionais incluem: multi-premiado A Rede Social, Senhorita virgínia, A última palavra, O pacificador, Sobre Sunny, E outros.

Porter fez sua estreia na Broadway em As Mulheres, dirigido por Scott Elliot, seu segundo projeto com Elliot, tendo colaborado com ele no The Williamstown Theatre Festival. Porter é grato por ter trabalhado com alguns dos melhores diretores de palco do país: George C. Wolfe, Lisa Peterson, Mark Wing-Davey, Richard Foreman, Don Scardino, Michael Grief e Risa Bramon Garcia. Ela tem vários créditos teatrais, principalmente por sua atuação vencedora do Obie Award em Vênus, escrito por Suzan-Lori Parks.

Porter nasceu e foi criado na cidade de Nova York. Ela frequentou a SUNY Purchase e a famosa High School for the Performing Arts. Porter divide seu tempo entre Los Angeles e Nova York. Ela tem dois filhos e está aprendendo a “estudar em casa”.