Christian Science Monitor: Veja quem está defendendo os direitos das mulheres afegãs - CARE

Christian Science Monitor: veja quem está defendendo os direitos das mulheres afegãs

Grupos de ajuda estrangeira, ansiosos por ajudar uma nação faminta, insistem em garantias de que suas funcionárias afegãs operem livremente. O Talibã pode ouvir.

Desde que assumiu o poder há cinco semanas, o Taleban não colocou a igualdade de gênero em suas prioridades no Afeganistão. Nenhuma mulher tem assento no gabinete provisório, por exemplo. As meninas são proibidas de ir ao colégio. Ainda assim, nas próximas semanas, enquanto o país enfrenta níveis emergenciais de fome, o grupo islâmico poderá ver os direitos e o papel das mulheres sob uma nova luz.