CARE profundamente preocupada com a crise em curso na Etiópia - CARE

CARE profundamente preocupada com a crise em curso na Etiópia

(Dezembro 23, 2020) - Como uma organização humanitária que trabalha na região de Tigray, Amhara e Afar, a CARE está profundamente preocupada com a crise em curso em toda a região e seu impacto nas vidas dos civis. Também estamos profundamente angustiados e tristes pelo impacto sobre nossos colegas trabalhadores de ajuda humanitária, alguns dos quais foram mortos durante o último mês enquanto trabalhavam.

Exortamos o respeito ao Direito Internacional Humanitário e à constituição da Etiópia, incluindo a proteção de civis e a proteção de trabalhadores humanitários. Quaisquer mortes de civis, bem como de trabalhadores de ajuda humanitária, são tragédias, e instamos todas as partes a evitar hostilidades que afetem negativamente esses grupos de qualquer forma.

Embora sejamos encorajados pelas recentes entregas humanitárias do Governo da Etiópia, da ONU e de ONGs parceiras, continuamos profundamente preocupados com a falta de necessidades básicas e serviços disponíveis para civis em toda a região de Tigray, incluindo alimentos, água e medicamentos. Após mais de 6 semanas de interrupção, os suprimentos estão perigosamente baixos em toda a região. Pedimos ao governo que continue a restauração dos serviços básicos e amenidades, bem como possibilite o acesso irrestrito e contínuo e a segurança para que os serviços humanitários sejam retomados para todos os cidadãos etíopes.

Para mais informações contactar:
Rachel Kent
Assessor de imprensa sênior
Rachel.Kent@care.org
+1.516.270.8911

Refugiados fogem da Etiópia para o Sudão

Mais de 50,000 pessoas fugiram do conflito violento na Etiópia, mais recursos necessários para responder às necessidades urgentes

Saiba mais
A pior crise humanitária do mundo: Iêmen em fotos

As Nações Unidas chamam o Iêmen de "um inferno para as crianças".

Saiba mais