Declaração da CARE sobre Mianmar - CARE

Declaração da CARE sobre Mianmar

Katie Robinson / CARE

Katie Robinson / CARE

Em resposta ao desdobramento da crise em Mianmar, a secretária-geral da organização internacional de ajuda CARE International, Sofia Sprechmann, disse:

“A CARE International está seriamente preocupada com a segurança, os direitos e o bem-estar do povo de Mianmar à luz do desenrolar da crise e da supressão dos protestos pacíficos e do impacto que isso terá nas comunidades vulneráveis.

A CARE trabalha em Mianmar desde 1995, em parceria com comunidades locais para reduzir a pobreza e cumprir seus direitos humanos. Estamos profundamente preocupados com o fato de que os eventos recentes irão desfazer décadas de progresso duramente conquistado pelo povo de Mianmar na superação da pobreza e na promoção dos direitos humanos. Temos uma preocupação especial com as minorias marginalizadas e grupos vulneráveis, como pessoas que vivem em áreas do país onde já havia conflito violento, e mulheres e meninas - como a experiência nos mostra que elas são freqüentemente afetadas de forma desproporcional em tempos de crise. Apelamos a todas as partes para garantir que grupos humanitários locais e internacionais tenham acesso para fornecer ajuda vital e vital onde for necessária, especialmente à luz da pandemia global. ”

Repetimos o apelo do Secretário-Geral das Nações Unidas para que a liderança militar de Mianmar respeite a vontade do povo e adira às normas democráticas, com qualquer diferença a ser resolvida por meio do diálogo pacífico.

A CARE International condena qualquer uso da força para derrubar um governo eleito ou para suprimir protestos. Em particular, estamos profundamente preocupados com o uso relatado de níveis inadequados de força contra manifestantes em todo o país.

A CARE International apela a todas as partes em Mianmar que evitem a violência e defendam os direitos humanos fundamentais das pessoas, incluindo a liberdade de reunião, liberdade de expressão e o direito à informação. Instamos todas as partes a garantir que todas as pessoas possam participar das decisões que afetam suas vidas.

Para mais informações contactar:
Kalei Talwar
Assessoria de imprensa da CARE
kalei.talwar@care.org ou 1.808.381.6901

Tagged