O Rep. McCollum viaja com a CARE para o Sudão do Sul e a Tanzânia - CARE

O Rep. McCollum e os legisladores viajam com a CARE para o Sudão do Sul e a Tanzânia

2013 CUIDADOS
2013 CUIDADOS

Os legisladores se concentram em Programas de Segurança Alimentar e Nutrição

WASHINGTON, DC (21 de fevereiro de 2013) - A Rep. Betty McCollum, D-Minn., E vários formuladores de políticas viajaram com a organização global de combate à pobreza CUIDADO em uma viagem de aprendizagem ao Sudão do Sul e à Tanzânia para entender melhor os desafios e soluções para a segurança alimentar e nutricional em cada país.

Outros participantes incluíram David Lane, Embaixador das Nações Unidas para Alimentos e Agricultura, Wesley Clark, general reformado do Exército dos EUA de quatro estrelas, Jonathan Shrier, Representante Especial Interino do Escritório de Segurança Alimentar Global no Departamento de Estado e Liz Schrayer, executiva diretor da Coalizão de Liderança dos EUA. Dois funcionários do gabinete da senadora Debbie Stabenows, D-Mich., Também participaram.

Além de funcionários do governo e formuladores de políticas, Robert Dreyfuss, editor colaborador da The Nation e Mike Davis, vice-presidente sênior de recursos humanos globais da General Mills, Inc., veio na viagem.

Atualmente, os dois países se encontram em dois estágios diferentes de desenvolvimento: Enquanto o Sudão do Sul é um dos mais novos países do mundo ainda se recuperando de anos de conflito; A Tanzânia sempre foi vista como um centro de estabilidade política na África. Ambos os países lutam com altos índices de desnutrição para mulheres e crianças menores de cinco anos.

A viagem começou em Juba, no Sudão do Sul, onde a delegação se reuniu com altos funcionários do governo para discutir as iniciativas atuais de alimentação e nutrição no país. Por meio de conversas com participantes do programa e moradores locais, o grupo obteve uma compreensão mais profunda da dificuldade de acesso aos alimentos para o povo do Sudão do Sul. O país tem enfrentado escassez sazonal de alimentos e mercados imprevisíveis, e a falta de segurança alimentar no Sudão do Sul tem contribuído significativamente para os problemas nutricionais.

Em seguida, a delegação viajou para o sul, para uma fazenda no condado de Yei, no Sudão do Sul, que produz várias safras, incluindo milho e sorgo. O grupo conversou com os agricultores sobre técnicas e tecnologias agrícolas mais eficientes que eles adotaram para aumentar a produtividade agrícola. Os fazendeiros são participantes do Projeto Alimentos, Agronegócios e Mercados Rurais (FARM) financiado pela Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID). No longo prazo, o projeto espera estimular a agricultura comercial de pequenos proprietários na área.

Após dois dias, a delegação partiu para a Tanzânia, onde a estabilidade política do país, uma gestão macroeconômica sólida e recursos consideráveis ​​contribuíram para o potencial de crescimento sustentado. No entanto, o país ainda enfrenta desafios para lidar com suas baixas taxas de desnutrição, onde oitenta por cento da população trabalha na indústria agrícola.

O grupo iniciou a visita se reunindo com investidores agrícolas para conhecer os investimentos públicos e privados no agronegócio da região. Em seguida, a delegação também viu investimentos em ação em nível local: Eles visitaram o CARE's Poupança e empréstimos da aldeia programa e conheceu um grupo de mulheres e homens, que formaram seu próprio grupo de poupança.

Esses grupos administrados por membros oferecem serviços financeiros básicos para pessoas que estão excluídas do sistema formal de serviços financeiros. Cada grupo recebe um ano de treinamento intensivo de alfabetização financeira para garantir que compreendam como funcionam as economias, os juros, os lucros e perdas e a contabilidade financeira. Eles também aprendem sobre a seleção e gestão de atividades geradoras de renda. Para muitos dos membros do grupo, eles investiram em técnicas agrícolas que os protegeram da escassez de alimentos e outros choques.

Outro destaque da viagem foi uma visita a Africares Programa Mwanzo Bora, que ajuda mulheres grávidas e crianças ensinando-lhes novas técnicas agrícolas e fornecendo aconselhamento nutricional. O programa de cinco anos visa reduzir a prevalência de nanismo entre crianças e anemia materna entre mulheres grávidas.

O conhecimento adquirido nesta viagem ajudará os participantes e a CARE a continuar a defender o apoio e financiamento para essas iniciativas no Sudão do Sul, na Tanzânia e em todo o mundo em desenvolvimento. Clique aqui para obter mais informações sobre CARE Learning Tours. As CARE Learning Tours são financiadas pela Fundação Bill & Melinda Gates.

media Contacts:

Washington D. C: Stephanie Chen, CARE, schen@care.org, +1.202.595.2824, +1.404.819.6638