ícone ícone ícone ícone ícone ícone ícone

Ucrânia: O inverno iminente representa uma dupla ameaça à medida que o conflito se intensifica

Ucrânia, 15 de novembro de 2023- À medida que os bombardeamentos e ataques pesados ​​se intensificam, as condições rigorosas do inverno, a neve e os ventos fortes representam uma dupla ameaça à já terrível situação humanitária para a população da Ucrânia.

Desde o início de Novembro deste ano, mais de 100 cidades na Ucrânia sofrem bombardeamentos diários. Segundo a ONU, todos os dias cerca de seis civis perdem a vida e 20 ficam feridos na Ucrânia. Espera-se que estes números, bem como o número de pessoas que se tornam deslocadas internamente, aumentem à medida que o conflito avança.

“Infraestruturas críticas, como centrais elétricas, armazéns logísticos ou sistemas de abastecimento de água, são constantemente destruídas. O bombardeamento contínuo das cidades da linha da frente no Leste e no Sul da Ucrânia torna ao mesmo tempo difícil chegar às pessoas para assistência humanitária”, disse Selena Kozakijevic, Gestor de Área da CARE para o Sul da Ucrânia.

Um recente Relatório da ONU mostrou que nos primeiros 10 meses de 2023 ocorreram pelo menos 37 incidentes que causaram danos a instalações humanitárias, o que inclui infraestruturas cruciais para o armazenamento e distribuição de suprimentos essenciais de ajuda. Além disso, pelo menos 14 trabalhadores humanitários foram mortos.

Apesar destas condições catastróficas, a CARE e os seus parceiros estão a preparar-se para o Inverno, apesar dos recursos limitados e da destruição contínua de activos humanitários vitais.

“Em parceria com organizações não governamentais (ONGs) nacionais e agências governamentais, a CARE Ucrânia está ativamente empenhada em facilitar o acesso a áreas de difícil acesso. Nosso foco principal é fornecer recursos essenciais à população local, incluindo itens vitais como roupas íntimas térmicas, aquecedores a gás, cobertores quentes, travesseiros e combustível sólido. Ao mesmo tempo, o nosso compromisso estende-se a garantir que os serviços de emergência que operam nestas regiões estejam equipados com as ferramentas e materiais necessários para cumprir eficazmente as suas responsabilidades”, disse Fabrice Martin, Diretor Nacional da CARE Ucrânia.

Martin continua: “Contribuímos para as concessionárias de água fornecendo bombas submersíveis e painéis elétricos, auxiliando os serviços de emergência com tendas de aquecimento e fogões e realizando reparos em centros coletivos que servem como abrigos iniciais para indivíduos deslocados de zonas de conflito. A nossa abordagem coloca uma ênfase especial na priorização da segurança e proteção, especialmente para grupos vulneráveis, incluindo mulheres e meninas afetadas pelo conflito em curso”.

Para informações sobre a mídia, entre em contato:

Halyna Bilak, Coordenadora de Comunicações, CARE Ucrânia via: Halyna.Bilak@care.org

Anisa Husain, assessora de imprensa da CARE US via: Anisa.Husain@care.org

Tagged

De volta ao topo